Carregando

Espere um momento

Ano: 2018

AMARGA DOR DA SAUDADE.

Amarga dor da saudade Por favor saia de mim Bata asas, vá se embora Voando igual Passarim. E quando encontrar Rosinha Pergunte se está sozinha Pois vivo na solidão! E diga pra ela saber Que jamais outra vai ser A Leia Mais

FESTAS NO MEU SERTÃO.

Nas festas do meu sertão Com latada no terreiro Dancei sempre prazenteiro Com Clarice e Conceição. E ao som de xote e baião Dançava com Cleomar Mas era com Guiomar Que beijos sempre obtive! Morena que eu sempre tive VONTADE Leia Mais

A MÍDIA NÃO DEIXOU MAIS.

AMIDIA NÃO DEIXOU MAIS Quando eu morei no sertão Vi gente passando fome Bem no meio da caatinga Onde até “palma” a gente come. Eu vi Carcará faminto Isso é verdade não minto Piando de tanta sede! Vi seca rachar Leia Mais

PLANETA EXTERMINADO!

NA FOTO, UM PÉ DE ANGICO COM PISTACHO. Resina fitoterápica! Comia muito no nordeste. x Tá Faltando água limpa no riacho E também pé de cedro e mulungu, Tá sumindo a palmeira babaçu E a beleza do angico com “pistacho”. Leia Mais

INFERNO DE HADES!

Na mitologia grega, Hades é o Deus do tártaro! (Inferno ou mundo inferior)! X Dedicado aos piores seres humanos: Puxa-sacos, traidores, bajuladores, subservientes e falsos! “ESTES PARA MIM, SÃO EXCREMENTOS “INADUBÁVEIS”! X Irei pedir para Hades Trancafiar lá no tártaro Leia Mais

PÉS DE POESIA!

Plantei pés de poesia Nasceram flores carmins Brotou rosas, margaridas Para enfeitar os jardins! Nasceu cravos multicores Azaleias furta-cores Para o mundo colorir! Nasceu ipês amarelos Que ficam lindos, singelos PARA ORNAR MEU PORVIR! * Nasceram muitos amores Tal Marilia Leia Mais