Carregando

Espere um momento

Autor: cordel

GÓLGOTA!

No alto perto das nuvens, Tem muitas sombras chorosas. Tem sangue, com muito espinho Numa coroa sem rosas. Tem o choro e tem o riso, E tudo que eu não preciso Por provocar só a dor. Mas também tem pergaminho. Leia Mais

AMARGA DOR DA SAUDADE.

Amarga dor da saudade Por favor saia de mim Bata asas, vá se embora Voando igual Passarim. E quando encontrar Rosinha Pergunte se está sozinha Pois vivo na solidão! E diga pra ela saber Que jamais outra vai ser A Leia Mais

FESTAS NO MEU SERTÃO.

Nas festas do meu sertão Com latada no terreiro Dancei sempre prazenteiro Com Clarice e Conceição. E ao som de xote e baião Dançava com Cleomar Mas era com Guiomar Que beijos sempre obtive! Morena que eu sempre tive VONTADE Leia Mais

A MÍDIA NÃO DEIXOU MAIS.

AMIDIA NÃO DEIXOU MAIS Quando eu morei no sertão Vi gente passando fome Bem no meio da caatinga Onde até “palma” a gente come. Eu vi Carcará faminto Isso é verdade não minto Piando de tanta sede! Vi seca rachar Leia Mais